quarta-feira, 9 de março de 2011

bato-me como um leão


Estou a lutar contra uma parede de Berlim, parede porque nunca vou conseguir alcançá-la, ninguém me ajuda, ninguém me ouve e todos duvidam de mim, não me compreendem, eu não vou conseguir levar isto até ao fim ,vou desistir, ou já não sei nada...
preciso escapar de vez enquando e encontrar os amigos que me acalentam, que me entregam estrelas como este fim de tarde, ainda existe gente muito boa...
amigos fixes, amigas distantes que não esquecem aqui a velhinha...
Obrigada amigos e fiquem com Deus e os anjos

1 comentário:

Osni Can disse...

Você é estrelinha mais cintilante desse nosso universo. Sorria!